7 tecidos, pra você conhecer!

NO MÊS PASSADO, fiz uma visita super bacana na “Flagship” de uma marca de tecidos que amo, amo pelas estampas, amo por ser brasileira e por ter uma história super bacana. Sempre admirei o carinho com que produzem e expõem seus produtos, enfim, estava louca para conhecer o espaço da Entreposto. A loja troca de roupas a cada coleção, veste sua fachada e cria ambientes lindos no seu interior, com bandeiras dos tecidos de destaque da temporada.

entreposto

kk

DEPOIS DESSA VISITA DELICIOSA, foi que surgiu o post dessa semana, resolvi falar um pouco sobre tecidos na decoração, já que muita gente desconhece as opções, vou falar de algumas e dar minhas dicas, para você conhecer um pouco mais. Vamos lá!

QUANDO DAMOS UMA OLHADINHA AO NOSSO REDOR, vemos tecidos por todas as partes, assim como nos vestem no dia a dia, no design de interiores vestem nossas casas, dando charme a sofás, tapetes, cortinas, jogos de cama e muitas vezes revestindo paredes e forros. Trabalhar com tecidos é uma delícia, é um produto versátil, aconchegante e com uma imensidão de opções, inspira projetos com características românticas, contemporâneas, naturais, clássicas…maaas, eu sei que na hora de escolher surgem milhares de dúvidas, qual melhor tipo de tecido? Como escolher a estampa e a textura? Qual melhor acabamento? Vou falar de 7 opções coringas pra você não errar.

Linho: É um tecido fino, feito de fibras de planta, podem ter suas tramas mais fechadas ou abertas, pode ser mais encorpado ou mais transparente e também pode ser puro ou sintético » misturado a outros fios. Adoro linho, é meu “queridinho”, fica muito bom em cortinas, já que tem um excelente caimento. Sofás e almofadas também ficam ótimos quando revestidos em linho. Na minha casa, optei por linho para estofados e cortinas a 5 anos e nunca me arrependi. É um tecido jovem, que transmite ar de leveza, frescor, e contemporaneidade. Agora, se a rotina da sua casa, requer mais manutenção e lavagens, escolha um linho sintético,  de preferência com a maior porcentagem de poliéster que encontrar, as opções sintéticas podem ser lavadas diretamente na máquina, e são menos sensíveis ao desbotamento, desgastes e as manchas.

linho 5

Suede: Um tecido mais pesado e fechado, com uma textura mais macia do tipo camurça, existem opções com texturas lisas ou amassadas e outras que imitam peles de animal. É altamente resistente e durável, por ser sintético e a base de poliéster.  Acho um bom tecido, para revestir estofados e acentos de cadeiras, que vão ter uso intenso, e que correm o risco de serem sujos com maior facilidade, casas onde o estofado vai ser usado por crianças e que tenham animais domésticos. Também acho uma ótima opção para cabeceiras, já que seu visual camurça é bastante confortável.

suede 5

Veludo: Quem tem dificuldade pra identificar tecidos, pode em alguns momentos, confundir o suede com o veludo, por causa da pelagem. O veludo é mais nobre, clássico e luxuoso, porém bastante pesado e de visual muito marcante. De fibra estreita é muito macio. Sua nobreza vem do inicio dos tempos, onde era feito a partir da seda, com o passar do tempo e introdução de outras formas de produzir, a partir de matérias primas mais simples, o veludo se popularizou. Seu uso fica muito bom, quando o ambiente pede algo com estilo retro ou vintage, principalmente em quartos, closets e salas de cinema. Acho importante não abusar do veludo, para não pesar o ambiente, coloque apenas em detalhes como: almofadas, puffs ou mantas, ambientes mais usados no inverno como espaços de lareiras, também vão bem com veludos.

veludo 5

Algodão: Uma fibra que pode se misturar com diversas outras, servindo de base para diferentes composições. O algodão é um dos tecidos mais antigos e comercializados no mundo. Por ser um tecido delicado e macio, indico para roupas de cama, principalmente se for algodão egípcio, que é muito durável e refinado, ainda podemos usar algodão em cortinas. O algodão estampado, também fica bonito no revestimento de móveis e acessórios de decoração como: caixas e baús.

algodao 5

Sarja: Tecido mais firme e encorpado, feito em sua composição com lã ou algodão, pode ainda ser uma mistura dos dois. É um tecido muito encorpado e fica ótimo para mantas de camas de jovens, capas de cadeiras, sofás e ainda almofadas.

sarja5

Jacquard: Sendo um tecido entrelaçado, permite uma estamparia muito rica e resistente, é um tecido atemporal e cai muito bem em vários estilos de projetos de interiores. Sua trama fechada permite limpeza prática e não acumula poeira. É uma ótima opção para revestimento de paredes, cadeiras, puffes e poltronas, que certamente vão ficar muito charmosos com jacquard.

jaq5

Chenille: Um tecido felpudo, que já foi muito usado para revestir sofás, por ser bastante resistente e maleável. No momento está um pouco fora de moda, depois de ter se popularizado e do surgimento do suede. Existem lindas colchas e cobertores em chenille, mas como tem muitos vincos, não sugiro para pessoas alérgicas.

che5

EXISTEM VÁRIAS OUTRAS OPÇÕES DE TECIDOS, que com certeza falaremos em algum outro post, espero que com esses 7, você já consiga identificar as melhores opções para sua casa.

Beijos

Kellen Garcia

Link da entreposto pra você conhecer  um pouco mais: Entreposto tecidos

2 comentários sobre “7 tecidos, pra você conhecer!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s